Colheita 2022 do espumante 100% alvarinho já no mercado

Com um teor de açúcar reduzido e acidez crocante, cor citrina, bolha fina e cordão persistente. Assim se apresenta no mercado a colheita de 2022 do Espumante 100% Alvarinho Dona Paterna, sob a orientação e avaliação do enólogo Fernando Moura.

«Os consumidores encontrarão aqui uma experiência única, que celebra a excelência do terroir, know-how e paixão pela vinicultura da Dona Paterna.», garante o enólogo.

Elaborado segundo o método clássico e com origem em pleno berço da casta alvarinho, na sub-região de Monção e Melgaço, o aroma deste espumante mostra a fruta da casta alvarinho e algumas nuances de biscoito, com um sabor persistente e complexo. Para a vinificação do Dona Paterna Espumante Bruto 100% Alvarinho «as uvas utilizadas foram criteriosamente selecionadas nas vinhas de maior altitude, que produzem uvas com um baixo teor alcoólico em potência e com uma acidez ligeiramente elevada.», refere o produtor, Carlos Codesso.

O espumante é uma bebida eclética, ideal como aperitivo, mas também como acompanhamento de uma refeição (pratos fortes) e sobremesas. «É a escolha perfeita para celebrar momentos especiais ou, simplesmente, desfrutar de um brinde descontraído entre amigos e família. Deve ser bebido a uma temperatura de 8ºC.», aconselha Carlos Codesso.

O Espumante 100% Alvarinho Dona Paterna já está disponível para compra em diversas garrafeiras do país.

 

HÁ 50 ANOS QUE CARLOS CODESSO SE DEDICA À PLANTAÇÃO E CULTIVO DA VINHA

Desde então, assumiu o compromisso em produzir vinhos de grande qualidade, que representem a autenticidade e a diversidade do terroir onde estão inseridos, numa das mais importantes sub-regiões da Região Demarcada dos Vinhos Verdes, a sub-região de Monção e Melgaço, origem do alvarinho.

Tudo começou em 1974, ano em que iniciou as primeiras plantações de alvarinho, numa das mais importantes sub-regiões da Região Demarcada dos Vinhos Verdes, a sub-região de Monção e Melgaço, designadamente em Paderne, Melgaço, inspirado pelo seu pai, Manuel Codesso. 16 anos depois, em 1990, nasce a marca Dona Paterna, altura em que Carlos Codesso lança no mercado o seu primeiro vinho, o 100% Alvarinho.

Hoje, apresenta um vasto portfólio, com diferentes perfis, quer de alvarinho como de outras castas, assim como de espumantes e aguardentes, mas o Alvarinho continua a ser o ex-libris da nossa marca.

 

 

Partilhar

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on pinterest

Mais
artigos

Shopping Cart